Translate

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Os 10 melhores gráficos do Super Nintendo




Para muitos ele não é apenas o melhor console de mesa da Nintendo, mas sim o melhor console de todos os tempos. Lançado no Japão no final de 1990 o Super Nintendo elevou ainda mais a qualidade dos jogos da Nintendo, trazendo qualidade gráfica de 16 bits aos já consagrados jogos da empresa, e também foi nele que várias franquias clássicas foram criadas.
O console conta com diversos efeitos gráficos que foram referencia no fim da década de 1980 e início dos anos 1990, era capaz de reproduzir uma qualidade expressiva de cores na tela e sem falar nas famigeradas transparências.
Outra tática interessante da Nintendo foi a utilização de chips inseridos nos cartuchos, a fim de aumentar as capacidades do console, e foi dessa forma que diversos jogos extrapolaram os limites do aparelho, apresentando gráficos próximos de um 32 bits.

Nesse post vou listar quais são na minha opinião os 10 melhores gráficos do sistema. Não irei qualificá-los por outros quesitos como jogabilidade, o único quesito em questão são os gráficos.


10º Posição: Doom




Fazendo uso do chip Super FX 2 desenvolvido pela Argonaut, Doom foi portado do PC para o SNES. Apesar do baixo frame-rate os comandos não foram prejudicados. O jogo não possui algumas texturas mas no geral a conversão apresenta boa qualidade mantendo as 22 fases da versão PC e o level design das fases intacto.


9º  Posição: Seiken Densetsu 3








Action RPG que possui alguns dos cenários mais detalhados já vistos no console. Os sprites dos personagens são bem animados, desenhados e coloridos, e alguns chefes enormes tornam Seiken Densetsu 3 um dos mais belos jogos do console.

8º Posição: Star Ocean





Primeiro jogo da franquia Star Ocean, o RPG da tri-Ace utiliza muito bem os recursos do console. O cartucho do jogo possui 48 megabits e utiliza o chip S-DD1 para compressão dos dados. Os efeitos de magia, os reflexos na água e a sombradas nuvens no chão dos cenários, além de demonstrar a habilidade artística do estúdio, aproveitam muito bem a força do console.


7º Posição: Street Fighter Zero 2






Port da poderosa placa CPS 2, que apesar dos cortes e adaptações para o jogo rodar no console, cumpre bem o seu papel. Possui cenários e personagens detalhados, além de ter todos os personagens da versão arcade.


6º Posição: Rockman & Forte







Ultimo jogo da franquia no SNES e tecnicamente o mais impressionante. Faz uso dos sprites de Rockman 8 dos consoles de 32 bits. Os sprites dos personagens são muito coloridos e bem animados. Os cenários possuem animações interessantes e muitos detalhes.


5º Posição: Gundam Wing Endless Duel







Jogo que luta com mechas enormes, talvez com os maiores sprites de personagens já vistos nos jogos de Super Nintendo e também possuem ótima animação. Os cenários são extremamente detalhados. Os efeitos de transparência também tem bastante destaque.

4º Posição: Rendending Ranger R2




Programado por Manfred Trenz, Rendending Range R2 é uma proeza técnica no SNES. O jogo possui rolagem de paralaxes, transparências, várias camadas de background e muitas explosões ocorrendo ao mesmo tempo, e o melhor: sem nenhum slowdown.


3º Posição: Yoshi's  Island




Sem duvida um dos melhores jogos e gráficos do SNES. Foi utilizado o chip Super FX 2 para gerar um visual viajante. As cores parecem ser de giz de cera e os efeitos de escala, zoom e rotação foram levados ao limite.



2º Posição: Super Mario RPG




                  

Colaboração entre a Square e a Nintendo, o título é um RPG fantástico e sua qualidade técnica impressiona. O jogo possui cenários extremamente detalhados, utiliza uma paleta de cores rica e os efeitos das magias são excelentes. Faz uso do chip Super Accelerator 1(SA1).


1º Posição: Trilogia Donkey Kong Country















Definitivamente o melhor gráfico do SNES, alias os melhores, pois o 1º lugar fica com a trilogia Donkey Kong country. 

Graças a ferramenta Alias, a RARE pôde utilizar uma técnica muito moderna para época, a pré-renderização, que dá aos objetos uma profundidade em 3D.
Os modelos dos personagens e os cenários foram gerados e animados em uma poderosa estação gráfica, e logo depois, esses modelos foram utilizados como sprites nos jogos, e tudo isso sem a utilização de chips especiais.
A cada título lançado a RARE conseguia aprimorar a técnica, deixando os gráficos cada vez melhores. No terceiro título apesar do level design ser um pouco inferir os dois primeiros os efeitos gráficos estão ainda melhores, e o console já estava trabalhando em seu limite.


Bom, esses são os 10 melhores gráficos do SNES na minha opinião.

2 comentários:

  1. Sou suspeito para falar do Super Nes, mas é um console surpreendente. Esses jogos rivalizam com muita coisa no início da vida útil do PS1, por exemplo, principalmente a trilogia Donkey Kong e Mario RPG. Excelente post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O SNES é um console surpreendente mesmo, e é incrível ver que seus jogos continuam belíssimos. O 2D envelheceu super bem, por isso o SNES e o Mega Drive continuam com gráficos bem atrativos ainda hoje. A trilogia Donkey Kong e Super Mario RPG além de possuírem gráficos fora do comum para um 16 bits, também demonstram que uma direção de arte competente faz a diferença.
      Obrigado pelo comentário. :D

      Excluir